Curiosidades

Podemos Fazer Água Potável Com A Água Do Oceano?

Beber Água Salgada

A água é um dos componentes mais críticos da vida na Terra. Ter acesso seguro e suficiente à água melhora a saúde geral e estimula o desenvolvimento econômico. Milhões de pessoas em todo o mundo, no entanto, enfrentam a falta de acesso a água potável devido às mudanças climáticas, à urbanização e ao rápido crescimento da população humana.

Como tantas pessoas podem não ter acesso à água quando a maior parte do mundo está coberta por água? Isso ocorre porque a maior parte do abastecimento de água do mundo é encontrada nos mares e oceanos, que são compostos de água salgada. A concentração de sal no oceano é muito alta para o corpo humano processar. Se os humanos bebessem água do mar, os rins seriam forçados a eliminar o sal criando quantidades excessivas de urina. Mais urina seria expelida do corpo do que água consumida, levando à desidratação e, eventualmente, à morte. Para que os humanos consumam água do mar, ela deve primeiro ser dessalinizada.

O Que É Dessalinização?

A dessalinização é o processo de transformar água salgada em água doce, removendo seu conteúdo de sal. Este método de tratamento de água é praticado desde os tempos antigos, quando as tripulações dos navios processavam a água do mar para beber a bordo. Hoje, mais de 18.000 usinas de dessalinização estão em operação em todo o mundo.

O método tradicional de dessalinização envolve ferver água e coletar o vapor d’água, que está livre do sal e dos minerais que sobraram. Outros métodos de dessalinização incluem: flash de vários estágios, efeito múltiplo, compressão de vapor, congelamento, evaporação solar e osmose reversa. Na osmose reversa, a água do mar é primeiro filtrada para remover partículas microscópicas e matéria orgânica. Ele é enviado para limpeza posterior com filtros micrônicos antes de passar pelo processo de osmose reversa real. Neste estágio, a água é bombeada a 800 libras por polegada quadrada, forçando-a por meio de membranas eletricamente carregadas. Essas membranas removem a grande maioria do sal da água. A água segue para permear tanques de armazenamento, onde 20% é reprocessado por osmose reversa antes de ser misturado novamente. Essa água é bombeada através de filtros de calcita, que adicionam cálcio e aumentam a alcalinidade. Para serem enviados por meio de redes municipais de água, flúor, amônia e cloreto também são adicionados antes do consumo humano.

Produzindo Água Potável Do Oceano

A dessalinização parece a solução perfeita para o problema de escassez de água doce no mundo. Na verdade, quase 23 bilhões de galões de água potável são produzidos todos os anos por técnicas de dessalinização, água suficiente para aproximadamente 300 milhões de pessoas. Atualmente, o Kuwait atende a todas as suas necessidades de água com água dessalinizada. Segundo a ONU, 1% da população mundial depende da água dessalinizada.

No entanto, os esforços para aumentar os projetos de dessalinização em todo o mundo têm um custo proibitivo. O alto custo deve-se à energia necessária para produzir água dessalinizada, que gira em torno de 3 quilowatts por metro cúbico (dependendo do método utilizado). Isso é significativamente mais alto do que a energia necessária para processar o abastecimento de água local, que é cerca de 0,2 quilowatts por metro cúbico. Os fatores adicionais que aumentam o custo da água dessalinizada incluem: localização, tipo de instalação, mão de obra e descarte de concentrado (o sal e os minerais que são deixados para trás após a dessalinização).

A dessalinização também traz algumas preocupações ambientais. Para produzir grandes quantidades de água dessalinizada, as usinas de processamento precisam de água de resfriamento, que é obtida por meio da infraestrutura de captação de água. Esses sistemas de captação podem remover peixes e outros organismos marinhos de seu habitat, enviando-os pelo sistema de resfriamento e prejudicando-os no processo. A vida marinha maior pode ficar presa na entrada da entrada de água, incapaz de escapar da poderosa sucção que ela produz. O descarte de concentrado salino é outra questão ambiental. Quando esse concentrado é descartado no oceano, ele afunda no fundo do oceano, danificando o ecossistema.

Compartilhar
Gilvan Alves

23 Anos de idade, Técnico em Rede de Computadores, Sempre em busca de aprender algo novo todos os Dias!

Este site usa cookies.