Dicas

10 estratégias para melhorar a memória e otimizar o estudo

Ter uma boa memória é fundamental para aproveitar ao máximo nos estudos ou na nossa carreira profissional, mas também para o dia-a-dia. Ter uma boa memória permite-nos aumentar a autoestima e a confiança em nós próprios, ser mais independentes e também mais produtivos.

Para os alunos, otimizar e aprimorar suas habilidades de memorização é essencial para obter o máximo das sessões de estudo. Além disso, tendo em vista que, do jeito que as coisas estão, todos os profissionais precisam continuar estudando para se manterem atualizados, se adaptarem às novidades e se aprimorarem em seu campo profissional, é imprescindível aprender a implementar estratégias o mais rápido possível para poder conciliar trabalho, estudo e família.

10 estratégias para melhorar a memória e otimizar o estudo

Melhorar a memória consiste em melhorar o processo de recuperação da informação e aumentar sua retenção. As estratégias a seguir estão focadas nisso,

# 1 – Concentre a atenção no que está sendo feito

Evitar distrações e  multitarefa é essencial para chamar a atenção. Não é de surpreender que a atenção seja um dos principais componentes da memória, uma vez que é vital para que a informação seja capaz de passar da memória de curto prazo para a memória de longo prazo. As distrações impedem que a atenção se concentre nas informações a serem memorizadas.

# 2 – Estruturar e organizar informações: simplificar, delinear, analisar, relacionar

De acordo com a pesquisa, as informações são organizadas na memória em grupos inter-relacionados. Isso implica que é mais fácil associar informações relacionadas  estruturando e organizando materiais de estudo, agrupando conceitos semelhantes ou fazendo resumos com anotações feitas ao longo do estudo, é mais fácil associar informações relacionadas e, assim, melhorar o estudo.

# 3 – Organize seu tempo e evite “farras”

Organize sessões de estudo regulares e não deixe tudo para o fim. E não é apenas uma questão de disciplina. Organizar o tempo de estudo de maneira adequada permite que nossa mente processe as informações de maneira adequada. De acordo com estudos, os alunos que estudam regularmente lembram-se das informações muito melhor do que aqueles que estudam compulsivamente.

# 4 – Desenvolva progressivamente o que você está estudando, desde o mais simples

Não tente atacar todas as informações de uma vez para evitar ser sobrecarregado. Para lembrar as informações é necessário codificar o que estão estudando na memória de longo prazo. Uma técnica muito eficaz é aprofundar-se progressivamente em um conceito, começando pela leitura da definição do termo-chave, estudando esse termo e, em seguida, aprofundando-se em uma definição mais ampla.

# 5 – Relacione o novo com o que você já sabe para entendê-lo

Ao se deparar com um material de estudo novo e desconhecido, será muito útil pensar de antemão sobre o que você já sabe e encontrar uma maneira de relacioná-lo. Ao estabelecer relações entre novas ideias e memórias, é mais fácil lembrar as novas informações, pois elas assumem mais significado e importância para as novas informações.

# 6 – Reestruture as informações

Os pesquisadores descobriram que a ordem das informações pode desempenhar um papel importante na lembrança. Para fazer isso, reestruture as informações, é bom começar com o que é mais fácil de lembrar e dedicar um pouco mais de tempo ao que é mais difícil. Fragmentar as informações permite que você as torne mais digeríveis e permite que você dedique mais tempo ao que realmente precisa.

# 7 – Use técnicas mnemônicas para lembrar informações

As técnicas mnemônicas são estratégias usadas para lembrar informações. Eles funcionam como uma chave de acesso que nos permite associar algo específico ao que queremos lembrar. Essas técnicas são muito pessoais e, portanto, muito motivadoras, por isso ajudam a estudar com uma atitude muito positiva.

# 8 – Visualize os conceitos para lembrar melhor com esquemas, cores e desenhos

exibição é uma das técnicas que melhor resutlados dada no estudo. Para fazer isso, é importante usar imagens (fotos, diagramas, gráficos), cores e símbolos próprios, fazer mapas mentais, desenhos, etc. para facilitar a evocação da memória. “Iluminar” suas anotações também ajuda a tornar o estudo menos monótono.

# 9 – Conte a outra pessoa o que você aprendeu

De acordo com alguns estudos, ler informações em voz alta melhora significativamente o processo de memorização. Educadores e psicólogos descobriram que ensinar novos conceitos a outras pessoas melhora a compreensão e a memória.

# 10 – Introduzir variedade em sua rotina de estudo

A introdução de uma nova variante na rotina do estudo ajuda a quebrar a monotonia e aumentar a eficiência dos esforços realizados, pois ajuda a melhorar a recuperação de informações a longo prazo. Mudar o local de estudo ou tentar encontrar outros horários para estudar ou qualquer outra novidade que seja interessante, como trocar canetas, é o suficiente. Não se trata de fazer uma mudança radical, mas de procurar alternativas ocasionais.

Pensamentos finais

Lembre-se que o objetivo é aumentar a produtividade e aproveitar ao máximo o tempo disponível. Não se trata de chegar lá, mas de obter resultados. Quanto mais cedo você absorver as informações, mais cedo poderá se dedicar a outras coisas. Essa vida é muito mais do que estudar.

Compartilhar
Gilvan Alves

23 Anos de idade, Técnico em Rede de Computadores, Sempre em busca de aprender algo novo todos os Dias!

Este site usa cookies.