Categorias Curiosidades

5 medos que todos nós temos de acordo com um estudo

Medos Todos nós os temos e que habitem as nossas mentes é normal, porque fazem parte do nosso legado, da nossa essência como humanidade que teve de enfrentar múltiplos perigos do nosso passado mais remoto.

Afinal, o medo nada mais é do que um inimigo com o qual aprender e enfrentar. Para isso, nosso cérebro refinado possui estruturas e neurotransmissores valiosos que nos colocam em alerta e nos obrigam a “escapar” ou a “enfrentar o inimigo”.

Existem medos aprendidos, instilados em nossa infância por vários eventos experimentados, outros estão alojados em nosso cérebro mais profundo, sem realmente saber por quê . O que causa fobias?

O que nos faz ter medo de aranhas ou do escuro , desde que podemos nos lembrar? Perguntas que a psicologia e a medicina sempre tentam responder.Agora, de acordo com um estudo publicado na revista “Psychology Today” e realizado pelo Dr. Karl Alberch, as pessoas sofrem, em média, um medo agonizante desses 5 aspectos.

Você gostaria de saber quais são eles? Nós explicamos isso para você.

1. Medo de morrer

É um acéfalo, não é? É claro que apesar do medo de morrer implicar que nos preocupemos em viver , que temamos o risco que não tem justificativa e que desenvolvamos estratégias de autoproteção para nós mesmos e, claro, para as pessoas que são importantes para nós.

Então agora diga-nos … Quantas vezes você já sonhou que estava em perigo e que acabou morrendo em seu próprio sonho? É um fato curioso e que demonstraria, de certa forma, que vivemos um momento vital com alto nível de estresse e ansiedade.

2. Medo de perder autonomia

Com o medo de perder a autonomia pessoal, não estamos falando apenas da clássica preocupação de perder a mobilidade, ou de não podermos nos defender por nós mesmos. Também falamos do terror de ser submetido, controlado ou maltratado.

O medo do escuro, de ser trancado ou de alguém nos dominar entra nesse medo. E mais ainda, de acordo com este estudo, “o medo do compromisso” também entraria aqui. Por quê? Porque perdemos parte da nossa liberdade, e é algo que muitas pessoas não querem abrir mão. Isso lhes causa angústia.

3. Medo de ser mutilado

Esse aspecto é muito curioso. No trabalho realizado pelo Dr. Alberch, grande parte da amostra estudada revelou seu medo de ser mutilado. Perder algum membro ou a funcionalidade de um órgão.

Isso teria muito a ver com o medo de perder nossa saúde e nossas forças.

4. Medo de ficar sozinho

A solidão costuma ser vista como aquela inquietação interior com a qual muitos não se acostumam. Sabemos que a solidão tem seu lado positivo, nos permite estar com nós mesmos, com nossa essência, com nossos pensamentos.

No entanto, pensar em um futuro onde passaremos todas as horas do dia em total solidão e isolamento , surge como um verdadeiro pesadelo.

5. Medo de que nosso ego seja prejudicado

Essa dimensão está relacionada à nossa integridade emocional e, embora à primeira vista possa não parecer um medo direto ou muito apavorante, devemos ter em mente que abrange realidades que podem ser muito destrutivas.

  • Medo de que nossa auto-estima seja atacada.
  • Medo de ser humilhado.
  • Para ser criticado, manipulado, enganado.
  • Medo de ser rejeitado para atacar nosso ego.
  • Medo do ridículo.
  • Medo de que outras pessoas tenham ideias erradas sobre o nosso jeito de ser.

E agora diga-nos … você acha que esses 5 medos nos definem? Você já os sentiu? Você sonha com eles com frequência?

Compartilhar
Gilvan Alves

23 Anos de idade, Técnico em Rede de Computadores, Sempre em busca de aprender algo novo todos os Dias!

Este site usa cookies.