10 fatos mais úteis para saber sobre animais de suporte emocional

Ao longo dos anos, a saúde mental tem melhorado constantemente devido a melhores tratamentos, conscientização e educação, e mais esforços para eliminar os estigmas associados à doença mental. Existem muitas maneiras pelas quais as pessoas lidam com seus problemas no dia a dia.

Animais de apoio emocional são uma das ferramentas que as pessoas usam. Eles se tornaram cada vez mais populares por causa de seus benefícios terapêuticos (e seus rostos adoráveis).

Esteja você procurando registrar seu  animal de suporte emocional  ou deseja aprender mais sobre ele, compilamos dez fatos úteis sobre ESAs. Continue lendo para obter mais informações!

10 – Os ESAs exigem receita de um profissional de saúde mental

Para obter um animal de suporte emocional, você deve passar por um profissional de saúde mental licenciado. Seu terapeuta determinará se um ESA é adequado para sua situação. Eles fornecerão a carta oficial de que você precisa para qualificar seu animal como um ESA.

09 – ESAs exigem uma carta de certificação

As ESAs têm certas proteções legais, semelhantes aos animais de serviço. Para acessar essas proteções, você deve fornecer a documentação quando solicitado. Mantenha sua carta, ou uma cópia de sua carta, com você e seu ESA em todos os momentos.

08 – Animais de várias espécies podem se qualificar

Você sabia que os ESAs não precisam ser uma raça ou espécie específica? As pessoas podem ter cães de apoio emocional, gatos, coelhos, cavalos, etc. Seu animal deve se comportar bem ao entrar em espaços públicos e ser seguro para que outras pessoas estejam por perto, mas se atender a essas qualificações, é um companheiro viável!

07 – ESAs não exigem treinamento específico

Ao contrário dos animais de serviço, os animais de apoio emocional não requerem treinamento específico. Eles fornecem estabilidade emocional para seus proprietários. Eles ainda devem ser bem comportados ao entrar em espaços públicos, no entanto.

06 – Eles podem voar com seus manipuladores

Animais de apoio emocional podem acompanhar seus tratadores na cabine de uma aeronave comercial durante a viagem. Essa proteção vem da Lei de Acesso a Transportadoras Aéreas e se aplica tanto a ESAs quanto a animais de serviço.

Cachorro adorável

05 – ESAs podem residir em alojamento livre de animais de estimação

Outra proteção dada aos ESAs é que eles podem residir em moradias gratuitas, incluindo propriedades para aluguel, como casas ou apartamentos, bem como dormitórios e outras residências. O Fair Housing Act garante essa proteção.

04 – Eles ajudam as pessoas a lidar com várias condições psicológicas

A pesquisa mostrou que os animais de apoio emocional podem ajudar pessoas com ansiedade, depressão, PTSD e outras condições psicológicas. Os AEEs são geralmente um elemento de um plano de tratamento mais extenso. Como companheiros, eles também combatem a solidão, que pode agravar muitas dessas condições.

03 – Os cães da ESA não possuem restrição de tamanho

Se você tem um cão que deseja que se torne seu ESA, não há restrições de tamanho. Quer você tenha um Dogue Alemão ou um Chihuahua, seu filhote pode se tornar um animal de apoio emocional.

02 – Os manipuladores da ESA não precisam responder a perguntas sobre sua deficiência

Se você tem um ESA ou animal de serviço, tem certas proteções legais como tratador. Um dos principais é a privacidade. Embora uma empresa possa pedir que você forneça sua carta ESA, ela não pode perguntar sobre a natureza de sua deficiência.

01 – Eles ainda estão sujeitos a certos regulamentos

Embora as ESAs tenham uma variedade de proteções legais, elas ainda estão sujeitas a regras e regulamentos específicos. Por exemplo, quando estiver viajando, você deve cumprir os regulamentos de um país ou estado para quarentena e vacinação.

Conclusão

Se você souber mais sobre os ESAs agora, melhor será o gerenciador no futuro. Você também estará mais bem equipado para ter conversas produtivas sobre os ESAs e seu papel no tratamento de saúde mental.

Gilvan Alves: 23 Anos de idade, Técnico em Rede de Computadores, Sempre em busca de aprender algo novo todos os Dias!

Este site usa cookies.