10 fatos mais importantes a saber sobre o coronavírus

4 semanas ago
188 Views
10 fatos mais importantes a saber sobre o coronavírus

O coronavírus está em toda parte no momento – todas as emissoras de TV e sites de notícias on-line estão constantemente divulgando as últimas notícias sobre ele. Para muitas pessoas, porém, é fácil saber o que está acontecendo sem saber muito sobre o próprio vírus. Obter o máximo de conhecimento possível vale a pena, pois ajudará a tranquilizá-lo nesses tempos de incerteza. Mas quais são os dez fatos mais úteis sobre o coronavírus que você precisa saber?

Loading...

10 – É uma grande família de vírus

Embora possamos pensar no coronavírus como um vírus por si só, isso não é verdade. Na verdade, é o nome geral de uma grande família de vírus. Sob um microscópio, os vírus desta família se parecem com coroas e é por isso que foram nomeados como são. Quatro dos vírus da família causam sintomas semelhantes aos da gripe em humanos, mas o COVID-19 é uma cepa nova e mais sinistra. O membro COVID-19 da família dos coronavírus pode causar pneumonia grave e morte em certas pessoas ou grupos.

China

China

09 – Veio da China

A cepa COVID-19 do vírus, que causou tantos problemas recentemente, veio originalmente da China. A cidade de Wuhan, em Hubei, foi o primeiro local a registrar seus efeitos e isso é visto como o local de origem do COVID-19. Essa cepa do coronavírus é altamente contagiosa e, desde então, se espalhou da China para todo o mundo. Assim como o Reino Unido, os EUA e a Europa, também está sendo visto no Oriente Médio.

08 – Como é transmitido?

Como na maioria dos vírus, resfriados e gripes, a cepa de coronavírus COVID-19 é transmitida por partículas transportadas pelo ar. A maneira mais comum de os humanos passarem entre eles é tossir ou espirrar. Essa cepa do vírus também pode ser transmitida ao entrar em contato com superfícies que contenham o vírus. Por esses motivos, a lavagem das mãos e a desinfecção da superfície são formas fundamentais de combatê-lo.

07 – Cuidado com a febre ou a tosse

Mas como você sabe se possui o COVID-19 ou alguém do trabalho ou da sua família? A verdade é que muitos dos sintomas podem parecer uma gripe comum ou um resfriado grave, o que o torna complicado. As coisas a serem observadas são febre, sensação de letargia, tosse e respiração difícil. O COVID-19 pode levar a condições graves que põem em risco a vida, como insuficiência renal ou SARs.

06 – Tome uma atitude se você acha que tem

Qualquer pessoa que suspeite ter coronavírus deve tomar uma ação imediata. É mais procurado em fontes oficiais do governo do país em que você vive online. O principal é geralmente se auto-isolar por 14 dias, para que você não espalhe o vírus. Após 14 dias, você deve ficar bem em voltar à sociedade novamente, desde que se sinta bem. Muitos grupos considerados de risco (como mais de 70 anos) estão sendo aconselhados a se auto-isolarem como precaução para evitar a detecção do vírus.

Aeroporto

Aeroporto

05 – A viagem também não é recomendada

Essa pandemia chegou na pior época do ano para muitos que têm férias reservadas e que devem sair em breve. Mais uma vez, verifique os conselhos oficiais, mas a orientação geral parece ser que qualquer viagem entre países não é recomendada. Alguns países começaram a não deixar nenhum turista estrangeiro entrar. Como as viagens não essenciais foram aconselhadas em muitos países e algumas em bloqueio total, as viagens internacionais não são algo que você deveria pensar agora.

04 – Pessoas com condições existentes devem prestar atenção

Embora exista muito pânico em torno desse surto, a grande maioria das pessoas não estará em perigo com o COVID-19. No entanto, é grave para uma pequena porcentagem da população global com problemas de saúde subjacentes existentes. São essas pessoas com condições existentes, como diabetes ou asma, que podem morrer por contrair coronavírus. Esses grupos de pessoas que são consideradas de maior risco são os que são incentivados a se envolver em distanciamento social ou auto-isolamento para permanecerem seguros.

03 – O que exatamente é uma pandemia?

Vale a pena simplesmente saber o que é uma pandemia! A Organização Mundial de Saúde classificou o surto de COVID-19 como uma pandemia agora, o que pode parecer assustador se você não souber o que isso significa. Em termos simples, uma pandemia é uma doença contagiosa que se espalha por muitas partes do globo. Como o coronavírus agora se espalhou para muitas partes diferentes do mundo, foi classificado como uma pandemia oficial.

Papel higiênico

Papel higiênico

02 – Não armazene mercadorias!

Não há dúvida de que esse surto causou pânico em massa entre muitas pessoas nos países afetados. Um sintoma disso tem sido o armazenamento de suprimentos essenciais, como papel higiênico e lavagem das mãos, por algumas pessoas. Isso deixou lojas em muitos países com prateleiras vazias e parecendo algo de um filme! Você não deve estocar grandes quantidades de suprimentos, pois isso é egoísta e não deixa mais nada para outras pessoas que precisam.

01 – Passará

Já em Wuhan, os sinais são de que esse vírus está diminuindo. Esta é uma boa notícia para o resto do mundo, pois o mesmo processo deve começar a acontecer lá também. Se uma vacina também puder ser desenvolvida nesse meio tempo, isso ajudaria bastante e o COVID-19 seria controlado de maneiras melhores.

Não há dúvida de que o mundo inteiro ainda pode sentir os efeitos do coronavírus por algum tempo ainda. Com Wuhan agora passando por uma desaceleração, espera-se que essa seja uma pandemia que deve terminar em breve. Uma vez terminados, todos podemos voltar a viver a vida e nos divertir novamente!

Gostou? Compartilhe com seus Amigos...
<
Loading...
Comments

Deixe seu Comentário