Qual é o Papel dos Coalas no Ecossistema?

6 dias ago
54 Views
Qual É O Papel Dos Coalas No Ecossistema?

Os coalas desempenham um papel importante no ecossistema em que habitam e sua perda atrapalha completamente o sistema. O coala, também conhecido como o urso coala, é um marsupialnativo da Austrália. Pode ser encontrada no sul da Austrália, Victoria, Nova Gales do Sul e Queensland. O coala se destaca por sua cabeça grande, com orelhas macias, nariz em forma de colher e corpo sem cauda. Às vezes, é conhecido como o urso coala porque se assemelha a um urso, embora seja um marsupial.

Os coalas habitam as florestas de eucalipto, já que as folhas das árvores constituem a maior parte de sua dieta. Os eucaliptos têm calorias e conteúdo nutricional limitados; portanto, os coalas dormem até 20 horas por dia para economizar energia e gordura. Os coalas são animais sociais, mas as mães podem ser vistas se movendo com seus filhos dependentes. Eles têm predadores e parasitas limitados, mas suas maiores ameaças são patógenos (incluindo o retrovírus coala e Chlamydiaceae), secas e incêndios florestais. Os marsupiais fazem parte da história australiana há milhares de anos; os australianos indígenas os caçavam por peles, conforme retratado na arte das cavernas e mitos. O coala é usado como um símbolo da Austrália ao lado do canguru por causa de sua aparência distinta e um alcance geográfico limitado. Eles foram caçados no século 20 por peles, enquanto os abates em larga escala em Queensland provocaram protestos públicos para proteger e conservar as espécies que foram listadas como vulneráveis, pois a destruição e a urbanização de habitats continuam a diminuir seu habitat natural.

O papel ecológico dos coalas

O maior papel ecológico dos coalasé sentida nas florestas de eucalipto, onde passam a maior parte do tempo. A população de coalas na Austrália é estimada em 80.000, mas antes da chegada dos aborígenes, sua população era de milhões. Uma população tão grande teria um impacto significativo na densidade do dossel e na quantidade de luz atingindo o chão da floresta. Os coalas consomem o excesso de vegetação, portanto, reduzem a biomassa que alimenta incêndios frequentes e intensos. Durante a estação chuvosa, os excrementos de coalas atuam como nutrientes para a regeneração da vegetação rasteira, garantindo que as florestas se regenerem para sustentar a vida futura. Esses excrementos também servem como alimento para insetos e pequenos roedores. Os coalas não são as únicas espécies que se alimentam de eucalipto, outros animais e insetos competem pela mesma fonte de alimento, mas alguns são incapazes de subir mais alto para se alimentar das folhas. À medida que os coalas se alimentam, eles quebram galhos e deixam cair folhas, tornando-os disponíveis para os insetos moídos. Antes que os humanos chegassem à Austrália, os predadores naturais dos coalas eram grandes carnívoros, incluindo os leões marsupiais, goanas gigantes e pítons gigantes. O diabo da Tasmânia e o tilacino que habitavam a Austrália continental há 3.000 anos também tinham coalas em seu cardápio. A introdução do dingo na Austrália continental, há 3.500 anos, trouxe um novo predador incomparável aos carnívoros nativos. O dingo caçava os coalas forçando o marsupial a buscar proteção nas árvores. Raptores e corujas também atacam os marsupiais. Quando os coalas morrem, seus restos se tornam uma fonte de alimento para insetos e bactérias. os predadores naturais dos coalas eram grandes carnívoros, incluindo leões marsupiais, goanas gigantes e pítons gigantes. O diabo da Tasmânia e o tilacino que habitavam a Austrália continental há 3.000 anos também tinham coalas em seu cardápio. A introdução do dingo na Austrália continental, há 3.500 anos, trouxe um novo predador incomparável aos carnívoros nativos. O dingo caçava os coalas forçando o marsupial a buscar proteção nas árvores. Raptores e corujas também atacam os marsupiais. Quando os coalas morrem, seus restos se tornam uma fonte de alimento para insetos e bactérias. os predadores naturais dos coalas eram grandes carnívoros, incluindo leões marsupiais, goanas gigantes e pítons gigantes. O diabo da Tasmânia e o tilacino que habitavam a Austrália continental há 3.000 anos também tinham coalas em seu cardápio. A introdução do dingo na Austrália continental, há 3.500 anos, trouxe um novo predador incomparável aos carnívoros nativos. O dingo caçava os coalas forçando o marsupial a buscar proteção nas árvores. Raptores e corujas também atacam os marsupiais. Quando os coalas morrem, seus restos se tornam uma fonte de alimento para insetos e bactérias. A introdução do dingo na Austrália continental, há 3.500 anos, trouxe um novo predador incomparável aos carnívoros nativos. O dingo caçava os coalas forçando o marsupial a buscar proteção nas árvores. Raptores e corujas também atacam os marsupiais. Quando os coalas morrem, seus restos se tornam uma fonte de alimento para insetos e bactérias. A introdução do dingo na Austrália continental, há 3.500 anos, trouxe um novo predador incomparável aos carnívoros nativos. O dingo caçava os coalas forçando o marsupial a buscar proteção nas árvores. Raptores e corujas também atacam os marsupiais. Quando os coalas morrem, seus restos se tornam uma fonte de alimento para insetos e bactérias.

Conservação de coalas protege o meio ambiente

As árvores desempenham um papel crucial no ciclo da água; eles sugam a água do subsolo e a liberam na atmosfera, que depois cai como chuva. O desmatamento e o desmatamento impedem a formação de nuvens, resultando em diminuição das chuvas. Após um período prolongado, a desertificação invade e a terra se torna improdutiva e incapaz de sustentar a vida. As florestas de coala ajudam no combate às mudanças climáticas, absorvendo o dióxido de carbono da atmosfera e convertendo-o em carbono orgânico. Enquanto as árvores não queimam ou se decompõem, o carbono não pode ser liberado na atmosfera. Os eucaliptos que crescem nas florestas de coalas estão entre os mais eficientes na produção de oxigênio limpo e no armazenamento de carbono

Por que não plantar mais árvores?

Mudanças nas políticas governamentais em Nova Gales do Sul e Queensland enfraqueceram as leis de conservação, deixando as florestas à mercê de fazendeiros, madeireiros e agricultores. Entre 2013 e 2018, mais de 150.000 hectares de habitat de coalas foram perdidos em Queensland e Nova Gales do Sul. Os danos causados ​​pelo desmatamento são tão imensos que o plantio de 20 milhões de árvores não recuperaria o meio ambiente. Árvores pequenas armazenam menos carbono e leva de 20 a 100 anos para as mudas amadurecerem. As florestas plantadas não são tão diversas quanto as florestas naturais e podem não suportar uma grande variedade de animais. A proteção dos habitats de coalas também protege insetos, mamíferos, pássaros, répteis e pássaros.

Abóbadas de carbono

As florestas de coala da Austrália são uma parte crítica dos estoques globais de carbono que devem ser protegidos. Cerca de 80% das florestas do mundo foram derrubadas, fragmentadas ou degradadas. O esquema de compensação universal está abordando a necessidade de compensar florestas nos países em desenvolvimento, mas ignorou o mundo desenvolvido. Em 2019, milhares de acres de floresta, incluindo o habitat de coalas, foram destruídos por incêndios matando centenas de animais e liberando milhões de toneladas de dióxido de carbono na atmosfera. O desmatamento e a degradação do habitat são listados como razões para os incêndios frequentes e intensos.

O futuro

O futuro dos habitats de coalas na Austrália não é promissor, considerando as tendências atuais. O aquecimento global provavelmente aumentará a frequência e a intensidade dos incêndios florestais, enquanto o desmatamento e a pressão da população humana empurrarão os animais para fora de seus habitats naturais. Isso levará ao colapso do ecossistema que foi moldado por milhares de anos de interdependência. Se nenhum esforço for feito para garantir o futuro dos coalas, eles provavelmente serão extintos nos próximos 100 anos.

Gilvan Alves

22 Anos de idade, Técnico em Rede de Computadores, Sempre em busca de aprender algo novo todos os Dias!

Últimos posts por Gilvan Alves (exibir todos)

Gostou? Comente e Compartilhe com seus Amigos...
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *