Quais Os Países Que Mais Lêem?

6 dias ago
109 Views
Quais Os Países Que Mais Lêem?

Os índios parecem ser verdadeiros viciados em livros que passam mais de 10 horas por dia lendo livros.

A importância da leitura

Ser capaz de ler é uma das habilidades básicas mais importantes que uma pessoa pode aprender hoje. De fato, a leitura é crucial para poder se relacionar e participar da sociedade. É necessário para ler sinais de trânsito, instruções médicas e notícias. Além disso, acessar informações on-line ou em livros e revistas ajuda a manter as pessoas informadas e informadas sobre o mundo ao seu redor. O cérebro humano precisa de constante desenvolvimento e a leitura é apenas a atividade para ajudar. A leitura ajuda as pessoas a criar uma imaginação mais ativa e também leva a níveis mais altos de criatividade. Então, onde no mundo as pessoas passam mais tempo lendo?

Países que passam mais tempo lendo

O World Culture Score Index conduziu um estudo global para medir a quantidade de tempo que as pessoas em todo o mundo passam lendo semanalmente. Os resultados deste estudo não especificam que tipo de material está sendo lido, que pode ser qualquer coisa, de notícias on-line a e-mails e revistas de trabalho e livros impressos. Além disso, o estudo não relata informações específicas sobre as pessoas pesquisadas (como idade, nível educacional ou sexo) ou quantas pessoas foram pesquisadas. Os resultados são os seguintes:

Índia

A Índia liderou a lista, com seus cidadãos relatando uma média de 10 horas e 42 minutos por semana gastos lendo. Atingir a posição número 1 na lista é uma conquista e tanto para este país, que possui uma taxa de alfabetização inferior à média global (apenas 74%). Essa taxa, no entanto, aumentou mais de 6 vezes desde que o país conquistou sua independência em 1947, o que poderia ser um indicador de um crescente interesse pela leitura. Entretanto, esse tempo gasto na leitura não reflete necessariamente a quantidade de tempo lendo livros impressos e pode incluir o tempo gasto na leitura on-line ou em formato eletrônico.

Tailândia

A Tailândia é o país com o segundo maior número de horas gastas lendo. Aqui, os participantes da pesquisa relataram que passam uma média semanal de 9 horas e 24 minutos lendo. Pesquisas adicionais descobriram que aproximadamente 88% da população lê livros impressos e gasta cerca de 28 minutos por dia lendo-os. Isso significa que significativamente mais tempo é gasto lendo online. Como visto na Índia, smartphones e tablets também mudaram os hábitos de leitura na Tailândia. De fato, a quantidade de tempo gasto lendo livros impressos diminuiu em relação aos relatórios publicados em anos anteriores.

China

A terceira maior quantidade de tempo gasto lendo é na China, onde os entrevistados relatam gastar cerca de 8 horas por semana participando dessa atividade. Este país possui uma taxa de alfabetização de 96,4%, superior à média global de 86,3%. Dessa época, apenas 11 minutos por dia são gastos lendo jornais e revistas. Em um estudo realizado pela OCDE, os pesquisadores descobriram que mais de 90% dos estudantes em Xangai, na China, relatam leitura para fins de entretenimento, o que representa um aumento em relação aos anos anteriores. Esse aumento indica que talvez a leitura esteja ganhando popularidade entre os cidadãos deste país.

Outros países incluídos nos resultados da pesquisa podem ser encontrados no gráfico publicado abaixo.

Os países que mais lêem

Classificação País Horas gastas em leitura por pessoa por semana (países selecionados)
1 Índia 10:42
2 Tailândia 9:24
3 China 8:00
4 Filipinas 7:36
5 Egito 7:30
6 República Checa 7:24
7 Suécia 7:06
8 França 6:54
9 Hungria 6:48
10 Arábia Saudita 6:48
11 Hong Kong 6:42
12 Polônia 6:30
13 Venezuela 6:24
14 África do Sul 6:18
15 Austrália 6:18
16 Indonésia 6:00
17 Argentina 5:54
18 Peru 5:54
19 Espanha 5:48
20 Canadá 5:48
21 Alemanha 05:42
22 EUA 05:42
23 Itália 5:36
24 México 5:30
25 Reino Unido 5:18
26 Brasil 5:12
27 Taiwan 5:00
28. Japão 4:06
29 Coréia 3:06
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *