Como prevenir e tratar a apendicite naturalmente: 3 dicas de saúde

2 meses ago
103 Views

Uma vez que um ataque de apendicite está em andamento, a cirurgia é a melhor opção. Pós-cirurgia, você pode reduzir a inflamação com remédios naturais, como açafrão e gerenciar a dor com a meditação e acupuntura. Sua melhor aposta é evitar a apendicite, regularizando seu movimento intestinal e evitando infecções. Coma frutas frescas, fibras, vitaminas que estimulam a imunidade e probióticos como o iogurte. Também fique hidratado.Apendicite pode atacar sem muito aviso e deixá-lo em dor excruciante. Como esse inchaço do apêndice costuma ser visto muito tarde, a remoção cirúrgica desse órgão vestigial costuma ser a primeira linha de tratamento. Se estourar, torna-se fatal, à medida que a infecção se espalha para o abdómen. 1

Sintomas de apendicite

 

  • A dor atinge o centro do estômago.
  • A dor se intensifica em poucas horas e se desloca para o abdome inferior direito.
  • A dor agrava quando você anda ou tosse.
  • Você se sente nauseado e perde o apetite.
  • Você pode ficar com prisão de ventre, tem problemas em transmitir gases ou até mesmo ter diarréia.
  • Você pode até desenvolver uma febre baixa, o que indica uma infecção.
  • Pode haver inchaço no abdômen e dor ao pressioná-lo.

Causas da apendicite

  • Bloqueio causado por matéria fecal ou alimento preso no apêndice
  • Linfonodo inchado nas paredes do intestino, como resultado de uma infecção do trato respiratório superior
  • Doença inflamatória intestinal
  • Infecção do trato gastrointestinal
  • Crescimento parasitário no apêndice
  • Trauma abdominal 2

A terapia natural pode ser usada principalmente em uma capacidade de suporte para aliviar os sintomas associados e não como cura ou tratamento uma vez que a apendicite já tenha ocorrido. Ela pode ajudar a curar ou aliviar a dor e o inchaço depois, mas não no lugar de cuidados médicos urgentes. . Isso porque alguns métodos de alívio da dor podem causar a ruptura de um apêndice inflamado, complicando ainda mais as coisas.

Embora não haja dados clínicos sólidos que apóiem ​​certas dietas ou mudanças no estilo de vida para prevenir a apendicite, é possível evitar algumas das possíveis causas, como a doença inflamatória intestinal com remédios naturais.

1. Meditação e acupuntura podem controlar a dor

A meditação pode ser uma maneira simples, mas eficaz, de superar a dor associada à apendicite e a cirurgia subsequente. Como um estudo de sujeitos submetidos a cirurgia abdominal descobriu, praticando meditação e técnicas de relaxamento de mandíbula ajudaram significativamente a diminuir as medidas subjetivas de dor, bem como a ansiedade. 3 No entanto, vale a pena notar que, embora as respostas subjetivas ou a percepção de dor das pessoas tenham diminuído, as respostas fisiológicas não foram significativamente diferentes como resultado da meditação. Como tal, a meditação pode ter mais efeito psicológico no alívio da dor do que física.

A acupuntura oferece outro caminho para o manejo da dor pós-operatória no caso de uma apendicectomia. Primeiro, fez ondas na grande mídia no Ocidente no contexto de uma apendicectomia nos anos 70. Na visita do presidente Nixon à China, um repórter que sofria de dores de gases ligadas à apendicite encontrou um tremendo alívio da acupuntura. 4

Quarenta e cinco anos depois, hoje, um estudo em andamento examina especificamente os benefícios da eletroacupuntura na melhoria da recuperação da motilidade gastrointestinal e na limitação da dor experimentada após uma cirurgia laparoscópica. Com tais alternativas ganhando terreno, você não precisa mais depender apenas de analgésicos, que podem ser potencialmente viciantes, para aliviar a dor após a cirurgia.

2. Açafrão pode ajudar a curar um apêndice inflamado

Cúrcuma é outro anti-inflamatório, cujo uso na Ayurveda é conhecido. O constituinte ativo curcumina ajuda a estimular a resposta imunológica do corpo, ao mesmo tempo que alivia o inchaço da inflamação e, assim, alivia a dor. Também é indicado no caso de problemas gástricos e pode, portanto, ser útil para lidar com a cicatrização geral relacionada a um apêndice inflamado também. 6

3. Comer fibra e ficar hidratado pode prevenir a apendicite

Fibra: Embora não haja consenso sobre uma dieta preventiva para apendicite, as estatísticas parecem favorecer aqueles que têm uma dieta rica em frutas e vegetais frescos com muita fibra. Segundo a Academia Americana de Médicos de Família (AAFP), o consumo de uma dieta pobre em fibras e rica em carboidratos refinados pode aumentar o risco de desenvolver apendicite. Obter grandes quantidades de fibras pode ajudar a diminuir a viscosidade fecal e aumentar a velocidade do “tempo de trânsito das fezes”, o que pode ajudar a reduzir as chances de uma obstrução se desenvolver no apêndice. 7

Vitaminas: O apêndice pode ficar inflamado devido a um nódulo linfático inchado causado por uma infecção do trato respiratório superior.  Para melhorar a imunidade geral, consuma alimentos ricos em vitaminas essenciais e outros nutrientes. Se você é propenso a infecções respiratórias, especialmente nos meses em que variações sazonais de temperatura podem resultar em infecções, é uma boa idéia aumentar a ingestão de vitamina C através de limões e outras frutas cítricas. 8

Segundo a Ayurveda, a apendicite é uma vrana-shotha ou uma condição inflamatória que causa inchaço. Uma maneira de reduzir as chances de desenvolver bloqueios é consumir alimentos que ajudam o corpo a se livrar de toxinas e que mantêm os movimentos intestinais regulares.

Iogurte: iogurte rico em cálcio e proteína, que também é probiótico, é considerado um alimento bom se você tiver apendicite. 9

Fenugreek: Consumir água em que as sementes de feno-grego foram fervidas é um remédio de desintoxicação ayurvédica. Sementes de feno-grego foram encontrados para ajudar no caso de doença inflamatória intestinal. 10 As saponinas esteroidais em que as sementes são acreditados para influenciar a resposta inflamatória do corpo. Eles evitam o acúmulo de resíduos e ajudam o corpo a se livrar do excesso de muco. 11

Água: Manter-se hidratado também é importante, pois a ingestão de água é uma parte importante da boa saúde intestinal.

Como prevenir e tratar a apendicite naturalmente: 3 dicas de saúde
Avalie este Post...
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *