Como proteger seus bitcoins e criptomoedas?

1 ano ago
401 Views

Bitcoin e outras criptomoedas estão ganhando mais atenção com o passar dos dias. Além das vantagens que as criptomoedas têm como anonimato e transações internacionais fáceis, as pessoas são atraídas pelo fato de poder se tornar um bom investimento. Além de trocar bitcoins por dinheiro, você também pode usar bitcoins para comprar cartões-presente, reservar voos e hotéis, comprar móveis ou até comprar propriedades imobiliárias. As compras de bitcoins não são tributadas no momento, pois não há como terceiros identificarem, rastrearem ou interceptarem transações que usem bitcoins. As taxas de transação são consideravelmente menores, bem como as transações com cartão de crédito ou serviços como o Paypal.

Embora haja muitas vantagens em usar bitcoins ou outras criptomoedas, assim como qualquer outro investimento, você deve sempre ter cuidado com suas transações. Como a criptomoeda não é regulada, muitas pessoas inescrupulosas se aproveitaram disso e de incidentes de criptomoedas fraudulentas, e outros tipos de fraude relacionados à criptomoeda ocorreram. Um exemplo disso é o Prodeum, um start-up de criptomoedas que enganou seus investidores em apenas um final de semana.

Por causa dessas fraudes, os escritórios de advocacia estão agora envolvidos em ajudar as vítimas. O litígio de criptomoeda tornou-se algo em que alguns advogados se especializam. Há muitos fatores a serem considerados quando surge uma disputa de criptomoeda. Além da oferta fraudulenta de moeda inicial (ICO), os advogados poderiam se envolver se a criptografia fosse usada para lavar dinheiro ou ocultar ativos; eles também podem se envolver quando há um problema com a empresa, comercial ou leis de propriedade intelectual que estão sendo violadas em relação à criptomoeda.

Aqui estão algumas coisas que você pode fazer como um usuário de criptografia para evitar ser enganado:

1. Pesquisa. – Assim como com qualquer outro investimento que você faça, a pesquisa é essencial. Ao investir em uma ICO, lembre-se de ler e dissecar seus white papers para garantir que você esteja trabalhando com pessoas confiáveis. Reserve um tempo para pesquisar as pessoas por trás da OIC, toda a sua equipe, membros do conselho e outros investidores. É vital para você aprender o máximo que puder sobre a empresa antes de investir, para que não haja surpresas desagradáveis.

2. Seja vigilante. – Criptomoeda ainda é basicamente comprada e vendida em bolsas de valores. Como a criptomoeda é algo novo e a confusão em torno dela é o seu valor, muitas pessoas são enganadas pela promessa de preços irrealistas. Se uma troca promete descontos incríveis ou ofertas que parecem boas demais para ser verdade, provavelmente é. Outra coisa que você pode fazer para evitar golpes de troca de bitcoins é verificar o URL da troca. Se o endereço de um site começar com HTTPS em vez de apenas HTTP, isso significa que o tráfego é criptografado e, portanto, tem mais proteção .

3. Use apenas fontes confiáveis. – Carteira de hardware é um dispositivo físico que armazena suas chaves privadas. As carteiras de hardware oferecem mais proteção contra hackers, pois não há como os hackers acessá-las quando você não está on-line. No entanto, os hackers descobriram uma maneira de contornar isso. Alguns hackers vendem carteiras de hardware que têm um backdoor para que eles acessem toda a sua criptomoeda, e a melhor maneira de evitar isso é apenas aceitar carteiras de hardware de fontes confiáveis.

Fonte: Hogan Injury .”

Gilvan Alves

22 Anos de idade, Técnico em Rede de Computadores, Sempre em busca de aprender algo novo todos os Dias!

Últimos posts por Gilvan Alves (exibir todos)

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *