Curiosidades

Os 10 Filósofos mais influentes de todos os tempos

Como disciplina, a filosofia tem uma história rica e variada desde a Grécia antiga até o presente. Enquanto algumas pessoas lutam para entender as teorias mais obscuras, deve-se lembrar que as grandes idéias filosóficas ajudaram a moldar a sociedade em que vivemos hoje. Claro, como com qualquer coisa, existem nomes famosos e filósofos bem conhecidos que contribuíram de forma importante para a nossa compreensão do mundo. Demos uma olhada nos dez mais influentes para ter vivido e ver por que suas idéias eram tão revolucionárias:

10 – Paul of Tarsus

Paul of Tarsus

Começamos com um pouco de curveball em Paul of Tarsus. Um dos discípulos de Jesus (embora não um dos doze mais célebres), ele era conhecido como Saul antes de se converter ao cristianismo depois de ver um Jesus ressuscitado no caminho de Damasco.
Sua escrita na Bíblia, trabalho na criação de igrejas na Ásia Menor e sua influência em tornar o cristianismo disponível para todos foi vital na evolução das religiões. Seu raciocínio de que as pessoas não tinham que ser judeus para serem cristãos e a forma como ele cristalizava as idéias de Jesus em uma religião sistemática e acessível são defendidas por muitos como porque o cristianismo tornou-se tão popular.

09 – Rene Descartes

Rene Descartes – Depois de Frans Hals [Domínio público], através do Wikimedia Commons

Mais comumente descrito como o pai da filosofia moderna, Descartes foi um pensador francês que viveu de 1596 a 1650. Descartes defendeu uma abordagem quase científica da filosofia, onde o mundo em geral só poderia ser provado por raciocínio e dedução com base no que foi observado.
Sua idéia mais famosa era “eu acho, portanto, eu sou”. Embora algumas tenham dificuldade em entender essa frase, é apenas para resumir a existência da mente humana. Afinal, se não tivéssemos uma mente real, como podemos pensar sobre as coisas? Ele também era um crente no dualismo, que era a crença de que a mente tinha poder sobre o corpo. Descartes acreditava que a fraqueza no corpo poderia ser superada ao se concentrar em áreas de força.

08 – Confúcio

Por Kevinsmithnyc (Trabalho próprio) [ CC BY-SA 3.0 ], através do Wikimedia Commons

O mestre Kong Qiu para lhe dar seu nome formal era um filósofo antigo que vivia na China. Ainda considerado o sábio mais importante da filosofia oriental, seus famosos ditames são bem conhecidos até hoje. Ele era um grande crente na ética e na democracia, que se encaixava perfeitamente com os filósofos gregos que estavam por perto ao mesmo tempo.
Sua crença na Regra de Ouro era um ponto importante a ser observado sobre Confúcio. Esta era uma regra que defendia não prejudicar os outros, mas também ajudar as pessoas se pudessem. Embora os filósofos gregos tenham dito coisas semelhantes, ele foi o primeiro desde que Jesus empurrou para ajudar ativamente outras pessoas.

07 – Tomás de Aquino

Thomas Aquinas – Benozzo Gozzoli [Domínio público ou domínio público], através de Wikimedia Commons

A grande idéia de que Aquino surgiu e faz dele seu lugar aqui é o argumento “Primeira Causa”. Ele veio com isso quando lutou com a idéia de quem criou o universo e pôde provar que era Deus. Ainda maior, Aquinas usou essa teoria para ajudá-lo a provar que Deus realmente existia!
Ele afirmou que tudo tem um começo e um fim para que o universo seja criado em primeiro lugar, Deus deve existir para fazê-lo. Embora suas teorias tenham sido debatidas desde então, especialmente porque ele baseou muitas de suas idéias nos ensinamentos da Bíblia, seu impacto na filosofia e fazer idéias abstratas compreensíveis para o homem comum era importante.

06 – Epicuro

Epicuro – Veja a página do autor [Domínio público], através do Wikimedia Commons

Eu gosto de Epicuro, mas ao longo dos anos ele conseguiu um mau rap para promover a auto-indulgência por algumas pessoas. Muitas dessas críticas, no entanto, eram tipos religiosos que não gostavam de Epicuro porque achavam que era ateu. Suas idéias mais conhecidas foram sobre como viver a vida e aproveitar seu tempo na Terra, além de rejeitar qualquer coisa que não fosse tangível.
Ele acreditava que idéias intangíveis ou princípios poderiam ser manipulados e, portanto, aconselhados a acreditar apenas no que poderia ser visto ou testado. Epicuro também defendeu que para viver uma vida agradável, você deve viver com justiça, sabedoria e bem.

05 – Immanuel Kant

Por [Expandir] Pintura de retrato não identificada do pintor do século XVIII dos homens, com artista e localização não especificados, não identificados ou desconhecidos. (/History/Carnegie/kant/portrait.html) [Domínio público], através do Wikimedia Commons

Um dos filósofos mais modernos, Immanuel Kant era um pensador nascido na Alemanha. Ele argumentou que a mente humana criou a estrutura da experiência de uma pessoa e essa razão é a fonte da ética humana. Ele também acreditava que a estética surgiu do julgamento desinteressado, o tempo era formas de sensibilidade de uma pessoa e o mundo em geral era independente do conceito de uma pessoa.
Talvez o seu maior contributo para o mundo seja que a paz perpétua só poderia ser alcançada através da democracia e da cooperação internacional. Um dos grandes pensadores modernos, Kant certamente merece um lugar aqui.

04 – Friedrich Nietzsche

Friedrich Nietzsche – Por fotografia de F. Hartmann em Basel [Domínio público, domínio público ou domínio público], através de Wikimedia Commons

Nietzsche era outro excelente filósofo moderno e um homem cujas idéias abordavam arte, religião, filosofia e história entre outros. Ele desenvolveu muitas teorias sobre sua carreira, sendo a mais famosa a crítica radical da verdade em favor do perspectivismo e da moral mestre-escrava.
Nietzsche tem um elemento de controvérsia a ele associado devido ao conceito de “Ubermensch” de seu livro “Assim falou Zarathustra”. Esta teoria baseou-se na sua crença de que o homem eventualmente se elevaria acima dos conceitos tradicionais do bem ou do mal depois de uma evolução espiritual que criaria um senso superior de autoconsciência.

03 – Platão

Plato – Veja a página do autor [ CC BY 3.0 ], através do Wikipédia Commons

Fundador do primeiro instituto de educação superior do mundo ocidental na “Academia de Atenas”, Platão era um aluno de Sócrates. Isso significava que seus escritos não só eram importantes para preservar sua visão do mundo, mas também para nos ajudar a ver o que seu professor, Sócrates, pensava sobre as coisas.
A idéia filosófica mais famosa de Platão foi a de que até que os governantes das nações do mundo fossem sábios através do pensamento filosófico, eles seriam governantes ruins e o mal seria no mundo. Quando você olha as notícias todos os dias agora, é difícil discutir com isso mesmo! Curiosamente, ele não defendeu a democracia, pois acreditava que isso era o que matara seu professor. Em vez disso, pensou que os governantes deveriam ser aristocratas benevolentes que ajudaram as pessoas comuns a melhorarem a sua vida.
Platão também se tornou popular por sua teoria de ‘The Forms’. Em essência, ele acreditava que coisas imateriais tinham mais realidade do que material material. A idéia era que os objetos materiais poderiam ser alterados ou nossa percepção deles poderia mudar, enquanto isso não poderia acontecer com coisas imateriais.

02 – Aristóteles

Aristóteles – Depois de Lysippos [Domínio público], através do Wikimedia Commons

Um dos grandes papas da filosofia, Aristóteles é justamente reverenciado por seus bons ensinamentos e seu avanço como disciplina. Seus muitos ensinamentos tiveram consequências de longo alcance em todo o mundo, mas particularmente sua teoria sobre causalidade. Apesar de terem sido debatidos desde então, a sua crença de que havia quatro causas para qualquer coisa existente era destruir a terra na época.
Ele também surgiu com a Ladder Of Life com base em sua observação de que havia uma hierarquia natural para tudo do universo, desde plantas até animais e humanos. Aristóteles ensinou muito sobre o tema da ética e sua afirmação era que ser bom não era suficiente, você precisava realmente fazer coisas boas para outras pessoas fazerem questão. Há muitas outras teorias com as quais ele veio, não temos espaço para aqui, mas basta dizer que ele é facilmente uma das figuras mais influentes da filosofia.

01 – Sócrates

Sócrates – Por Jacques-Louis David [Domínio público], por Wikimedia Commons

Quando você é creditado como um dos fundadores da filosofia, então você sabe que você fez o bem! Uma figura um tanto enigmática, nós o conhecemos através das lembranças de seus alunos, como o melhor de Platão. Talvez o seu maior contributo tenha sido o ainda usado atualmente como “Método Socrático” especialmente no ensino. Isso sustenta que é melhor aprender através da discussão e responder perguntas sobre o assunto, pois isso encoraja uma visão mais profunda sobre o problema em questão.
Sócrates, como filósofo, se concentrou muito no indivíduo, que era uma mudança da visão comum do tempo que se concentrou mais no mundo exterior. Ele acreditava que a sabedoria final viria para a pessoa que se conhecia melhor como a pessoa que poderia raciocinar naturalmente, fazer melhores escolhas. Ele também surgiu com a Teoria do Conhecimento e a Teoria da Natureza Humana, que foram idéias muito influentes na história filosófica.

Sem o pensamento avançado e as teorias acima, o mundo em que vivemos hoje seria bem diferente. O profundo pensamento e o raciocínio que a filosofia exige, naturalmente, levam a conclusões profundas alcançadas pelas pessoas da nossa lista. Da próxima vez que você fique calmo cinco minutos, por que não ver o que pode surgir ?!

Compartilhar
Gilvan Alves

23 Anos de idade, Técnico em Rede de Computadores, Sempre em busca de aprender algo novo todos os Dias!

Este site usa cookies.