Corpo humano - Como ocorre a decomposição?  Você já imaginou como sabem “como o corpo humano se decompõe”?

Apesar de não ser um assunto muito agradável, vocês tem que admitir que é no mínimo interessante e com certeza desperta a curiosidade de muita gente. Vamos explicar de forma resumida como tudo acontece para vocês entenderem. Quando morremos, passado algum tempo o corpo fica escuro e inchado, a pele e os órgãos se desfazem e o cérebro vira um caldo, em seguida as bactérias e animais terminam o trabalho de decomposição.


Como ocorre esse processo?

Podemos dizer que a decomposição é dividida em duas fases, na primeira as bactérias famintas que já vivem em nosso corpo, como as da flora intestinal e da mucosa respiratória, avançam na carne e devoram todos os tecidos.


Já quando estamos vivos essas bactérias são inofensivas, pois nosso corpo faz o trabalho de manter o controle da quantidade desses pequenos seres e se alimentam de coisas que fazem mal ao nosso corpo, é como uma troca de favores, nós oferecemos comida, enquanto que elas comem substâncias ruins do nosso corpo.

Só que quando morremos não tem mais o controle e não vem mais alimento, então esses micro-organismos para sobreviverem são obrigados a comer a carne apodrecida.

A segunda fase quem faz o trabalho são as bactérias do ambiente externo. E por fim o “suculento” resto fica para insetos e até cães, gatos e urubus.

O que acontece com os órgãos?



Quando as bactérias começam a ação dentro do corpo, os órgãos desprendem-se da estrutura do nossa organismo e se desmancham.

Qual órgão se desfaz mais rapidamente?

Os primeiros órgãos a se desfazer são os pulmões, pois possuem tecidos finos.
Em seguida é o intestino que são decompostos pelas bactérias que ajudam na digestão.
Depois o pâncreas que no caso são as enzimas que agem na decomposição.
O órgão que mais demora é o fígado, pois se trata de um dos maiores órgãos do corpo humano.

O cérebro pra quem não sabe, entre 3 e 7 minutos após a morte, as células cerebrais apagam e dias depois, quando os gases da decomposição invadem os órgãos, os tecidos do cérebro começam a se desmanchar

E é a partir dai que a massa cinzenta vai se tornando um líquido viscoso com a consistência de um mingau de cor de argila, que pode escorrer pelas narinas.
Corpo humano

E com a pele, O que acontece?
A pele é um processo mais radical, ela perde a água ressecando toda, ficando totalmente amarela e enrugada, depois com o ataque das bactérias, ela fica verde e se dilata, e então começa a nojeira que é quando aparecem bolhas e ao se romper a pele começa a soltar líquidos e, por fim, se desmancha.

Quanto ao cheiro horrível que sentidos da podridão como se forma?
Esse cheiro é devido ao processo das bactérias que consomem o corpo e fabricam subprodutos com um odor nada agradável. Substâncias como a putrescina e a cadaverina garantem o cheiro. Mas, o campeão do fedor é o gás sulfídrico, que, além de tudo, é inflamável.

O ser humano tem o costume de enterrar as pessoas com roupas especiais como terno para homens e vestidos para mulheres, mas com o passar do tempo as roupas do defunto são devoradas também por bactérias, chegando a durar em média três ou quatro anos.


Pra finalizar o que resta no final de todo esse processo?
O cabelo e os pelos podem continuar crescendo por um tempo até que a carne se desfaça completamente, isso acontece porque eles são feitos de queratina, uma proteína muito resistente, e no caso de cabelos e pelos, eles nem percebem que a irrigação sanguínea acabou.

Por fim tudo que fica são apenas os ossos e os dentes do cadáver. O segredo é que eles são formados basicamente por minerais, enquanto as bactérias decompositoras se interessam apenas por matéria orgânica.

Esses órgãos podem durar milhares de anos, tanto que até hoje encontramos fósseis de dinossauros e ossadas de pessoas que morreram séculos atrás.

Gostou? Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos
Gostou? Compartilhe com seus Amigos...